• Portuguiando

10 coisas que amamos em Portugal

Atualizado: 13 de Fev de 2019


Fizemos uma lista (fugindo do clichê!) com as coisas que mais nos agradam aqui. Confira!



1 - Frontalidade

O português vai dizer o que pensa, quer você goste ou não. E depois fica tudo certo, ninguém fica magoado porque o outro foi sincero. Descobri que aqui isso se chama frontalidade e percebo que é o que muitos brasileiros tomam como grosseria dos portugueses. 


Uma vez que você entende isso, percebe que é uma característica cultural, você aprende a conviver com ela e eu confesso que estou até adotando pra vida!


2 - Cuidado com o antigo

Aqui não se joga nada fora apenas porque é antigo. Há muita coisa antiga em perfeito funcionamento e que as pessoas não têm vergonha de usar, como carros, por exemplo. Vemos muitos carros com mais de 10, 15 anos rodando em excelente estado. 


E nota-se isso inclusive nos espaços públicos, fachadas antigas e monumentos centenários espalhados pelo país. 


3 - Relação com a comida

Come-se muito e come-se bem! A comida em Portugal é uma maneira de agregar e confraternizar. A relação do povo com a terra também é fascinante. 


Quando você sai da cidade grande, muitas casas têm hortas, árvores frutíferas e os donos distribuem o excesso para amigos e vizinhos. Eu mesma já ganhei batatas, abóbora, couves, tangerinas, maracujás... Tudo orgânico, ou biológico, como chamam aqui. 


4 - Apreço pelas áreas verdes

Os meses de inverno são bem rigorosos por aqui. Por isso, no verão, quando esquenta todo mundo quer colocar o nariz pra fora de casa. E as pessoas aproveitam, e muito, os parques, jardins, praças e lagos públicos espalhados pelo país. 


Basta espalhar uma toalha, levar alguns brinquedos, livros e passar o dia ali a confraternizar com a família e amigos. Faz-se um farnel e cada um que chega colabora com uma coisa. É uma delícia!


5 - Atendimento aos clientes

Isso é algo que me incomodava demais no Brasil. Já até falei sobre em um post antigo. Aqui, há muitos lugares que só têm um atendente. Farmácia, bar, padaria, lojas...


E pode ser que a fila esteja longa em horários de pico, mas você será atendido com atenção até que a sua situação se resolva. As pessoas aguardam a vez delas com educação e o atendente tira todas as suas dúvidas pacientemente.


6 - Supermercados

Esse assunto rende! Já falei detalhadamente nesse post. Mas, resumindo, há descontos reais, brindes para clientes fieis, marcas brancas que são mais baratas e de extrema qualidade... 


Sem contar que é tão bom você poder comprar um bom vinho por 4 euros, Nutella por 2 euros e queijo brie por 1 euro! É o meu parque de diversões.


Veja a diferenças de preços de produtos em supermercados do Brasil e de Portugal


7 - Riqueza histórica

Não é difícil esbarrar por um local de enorme importância histórica em Portugal. Basta uma viagem de carro entre Lisboa e Porto para você passar por três lugares que foram eleitos Patrimônios Mundiais da Unesco (veja aqui quais são!). 


E o mais bacana é que as pessoas conhecem a história do país, da cidade, dos lugares, contam com muito orgulho e não deixam que ela morra.


8 - Beleza natural

Qualquer cidade próxima que a gente tenha que ir é uma festa para os olhos. Você passa por rios, praias, montanhas, plantações, vê aqueles vales que têm aldeias que parecem que pararam no tempo. É fascinante!


E o pôr-do-sol? É um capítulo a parte! É sempre arrebatador, mas principalmente no inverno, quando o sol se põe mais cedo, as pessoas chegam a se reunir para apreciar. 



9 - Faça você mesmo

Não tem motoboy aqui em Portugal. Não há entrega de farmácia, documento, pouca de restaurantes e a entrega de móveis muitas vezes é mais cara que o próprio móvel. 


Por isso as pessoas fazem de tudo. Desde transportar e montar seu móvel até separar e depositar o seu lixo no local certo (também já falei sobre isso mais detalhadamente aqui!).


10 - Valor ao dinheiro

Aqui um cêntimo vale! Se os portugueses estão acostumados a pagar um euro por algo, eles não vão pagar se algum lugar cobrar um euro e meio. Meu filho já fez passeio da escola cujo valor foi de um euro. As coisas são baratas aqui e isso acontece porque o português faz por onde para que assim seja.  


E o bom é que esse valor é passado para as crianças e adolescentes. Nas escolas, eles costumam vender prendas ou doces em grupo para pagar por viagens.


Escolas em Portugal: tudo que uma mãe brasileira precisa saber



Veja também:

Custo de vida em Portugal: sabia quanto gasta mensalmente uma família de três pessoas

Vai viajar? Aproveite o código promocional do Portuguiando na compra do seguro viagem

Sobre nós
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Preto Ícone YouTube

Ana Beatriz - jornalista brasileira, 37 anos, mãe do Matheus, esposa do André, que se apaixonou por Portugal e se mudou de mala e cuia com a família para o Porto. 

André - fotógrafo brasileiro, 45 anos, pai do Pedro, do  Gabriel e do Matheus, marido da Bia, que embarcou junto nessa aventura e, assim como os portugueses, não dispensa um café com natas. 

Juntos, gerimos o Portuguiando e a André Furtado Photography

Aproveitamos esse espaço para compartilhar impressões, diferenças e similaridades culturais e dicas de turismo para brasileiros que pensam em se mudar para cá ou simplesmente querem conhecer mais sobre Portugal. 

 

Fale conosco: contato.portuguiando@gmail.com

 

Receba nossos informativos:

© 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com