• Portuguiando

Dicas práticas para fazer faxina na Europa

Atualizado: 9 de Jan de 2019


Para quem vivia no Brasil, onde é comum contar com a ajuda de diarista e babá, ter que recomeçar a vida em Portugal cuidando dos afazeres domésticos pode ser um imenso desafio! Um desafio que vem com um pacote de vantagens, claro. Mas fique tranquila que existem maneiras de facilitar a sua vida. Vamos te dar algumas dicas preciosas de como fazer faxina na Europa.


Dicas práticas para quem quer fazer faxina na Europa:


Aqui no Porto uma diária de faxina sai por cerca de 35 euros. Há faxineiras que cobram por hora, em média 5 ou 6 euros. É uma despesa considerada cara para a maioria dos portugueses. Ter uma faxineira semanal é considerado um luxo para muitos. Há quem use o serviço a cada 15 dias, uma vez por mês. E há quem não use nunca e assuma por completo a limpeza da própria casa. 


Você vai gostar de: Seis curiosidades sobre as casas e apartamentos em Portugal


No começo, faxina pesada...

Como boa virginiana, gosto da casa sempre limpa e arrumada! De modo que assim que chegamos aqui comecei a limpeza como estava acosutmada a fazer no Brasil. Vassoura e pano nos móveis, dia sim, dia não, e uma limpeza mais pesada às sextas-feiras, com esfregão no chão, lavando varanda, arrastando móveis. Nessa brincadeira, meu marido André também entrava no barco e assumia a limpeza dos banheiros. 


E muito tempo na cozinha!

Sem contar a cozinha! Assim que cheguei aqui estava muito frio e embarquei nas sopinhas. Todo dia fazia uma sopa ou caldo diferente pra comer com a refeição e fui aprendendo a cozinhar com os ingredientes daqui: usar mais carne de porco, quase nada de carne vermelha, muitos frutos do mar, conheci melhor os legumes e virei a melhor amiga da panela de pressão...


Em pouco tempo vivendo na Europa, tudo mudou:

Em poucos meses, minha vida de gata borralheira chegou ao fim! O trabalho começou a ficar mais puxado para os dois (amém, senhor!) e fomos obrigados a repensar a maneira como gerimos a casa. E quando não há tempo, você aprende a se virar rapidinho com o pouco tempo que tem. Por isso, você precisa ser prática na hora de fazer faxina na Europa.  


Confira todos os vídeos do Canal Portuguiando sobre a vida de brasileiros em Portugal!


Vou contar as pequenas e significativas mudanças que fizemos no dia a dia e que hoje vejo que eu poderia ter começado a aplicar quando ainda morava no Brasil. São pequenas iniciativas fundamentais para quem precisa fazer faxina na Europa:


Cozinha

- Invista em comidas que não exigem preparo prévio

Assim, o forno e a grelha são meus maiores aliados. Em cinco minutos coloco um peixe ou lombo temperado apenas com sal (quando estou com tempo jogo um alho também!) no forno ou na grelha e depois é só cuidar pra não queimar. As panelas normais uso apenas pra fazer um arroz ou macarrão.


- Alho e cebola congelados e picados

Compro os pacotes que vêm sem conservantes, já prontos pra irem para a panela e isso já economiza um tempo precioso de descascar alho e cortar cebola. Adiantam um belo tempo na hora de fazer arroz e feijão.


- Cogumelos congelados

Tenho sempre um saco no congelador. Quando dá vontade de comer uma coisa diferente, jogo alguns na frigideira com um pouco de creme de leite, sal e pimenta e já tenho um molho funghi delicioso pra usar como quiser. 


- Feijão com legumes

Cozinho um saco inteiro na panela de pressão e congelo em potinhos menores. Aproveito para cozinhar junto uma beterraba ou cenouras. Elas deixam o caldo mais nutritivo e depois é só lavar e cortar para preparar uma salada. 


Vai viajar? Aproveite o código promocional do Portuguiando na compra do seguro viagem


Roupas

- Absolutamente tudo vai na máquina de lavar

Você pode regular a temperatura da água da máquina para sair mais quentinha durante o inverno. Assim as toalhas e roupas de cama ficam mais macias. Até pano de chão agora vai pra máquina. Depois bato ela mais uma vez sem nada dentro, com uma gotinha de água sanitária, que aqui em Portugal chamam de lixívia. 


- Aposente o ferro de passar roupa

Até comprei, mas confesso que pouco usei. Invista em um amaciante concentrado, água um pouco mais quente e estenda as camisas em cabides. A roupa deve ser bem esticada na corda. Depois dobre direitinho e tá tudo certo! Só camisas sociais é que precisam do ferro. Se puder gastar um pouco mais pra comprar uma máquina que lava e seca, é vantagem. Você pagará um pouco mais de conta de luz, mas as roupas já saem bem menos amassadas.


Limpeza de casa 

Esqueça a vassoura

Pode parecer loucura, mas existe um substituto pra ela que me deixou apaixonada! Não sei o nome exato, mas é um tecido super leve que você encaixa em uma espécie de rodo, fica entre uma vassoura e um esfregão e tira absolutamente toda a poeira do chão em pouquíssimos minutos! Assim, restringi o uso da vassoura à cozinha e banheiros. No restante da casa só passo de vez em quando. No dia a dia, só esse negócio da foto aí embaixo que é MARAVILHOSO e tira toda a poeira! Depois, é só tirar a capa suja e lavar na máquina junto com os panos de chão. 



Máquina de lavar louça

No início era só enfeite aqui em casa. Agora tenho usado casa vez mais. Em vez de ir acumulando aquela louçarada na pia, já vai colocando na máquina conforme for usando e depois é só apertar o botão de lavar. Mas, atenção! Ela precisa estar muito bem regulada pra não deixar aquelas marcas nas louças que dão aspecto de sujeira. 


Não há tanque nem ralos

Já imaginou cozinha e banheiro sem ralos e área sem tanque? Pois é, aqui não tem. Pano de chão também tive que trazer do Brasil. Fiz questão de instalar um tanque, mas tenho tentado ser cada vez mais prática e abusado das flanelas e produtos adequados, principalmente para limpar a cozinha e banheiros. Aquela vida de jogar água em tudo, definitivamente, ficou pra trás para quem precisa fazer faxina na Europa. 


Veja também:

Confira o preço do aluguel em Portugal, em 2018

Cinco hábitos que o brasileiro adquire quando vive em Portugal

Veja a diferenças de preços de produtos em supermercados do Brasil e de Portugal

Sobre nós
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Preto Ícone YouTube

Ana Beatriz - jornalista brasileira, 39 anos, mãe do Matheus e do Tomás, esposa do André, que se apaixonou por Portugal e se mudou de mala e cuia com a família para o Porto. 

André - fotógrafo brasileiro, 47 anos, pai do Pedro, do  Gabriel, do Matheus e do Tomás, marido da Bia, que embarcou junto nessa aventura e, assim como os portugueses, não dispensa um café com natas. 

Juntos, gerimos o Portuguiando, a Art22 Media e a André Furtado Photography

Aproveitamos esse espaço para compartilhar impressões, diferenças e similaridades culturais e dicas de turismo para brasileiros que pensam em se mudar para cá ou simplesmente querem conhecer mais sobre Portugal. 

 

Fale conosco: contato.portuguiando@gmail.com

 

Receba nossos informativos:

© 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com