• Portuguiando

Morar em Portugal: cinco passos para concretizar esse sonho

Atualizado: 9 de Mai de 2019

É preciso muito mais do que apenas uma passagem na mão para tomar essa decisão com tranquilidade e segurança. Confira algumas dicas para você que sonha em morar em Portugal!

Entre o meu desejo de morar em Portugal e a minha chegada aqui passaram-se longos 15 meses. Sempre fiz questão de ter um planejamento traçado e isso me ajudou a concretizar os passos necessários para que esse sonho se tornasse uma agradável realidade e não uma experiência frustrante.

Vai viajar? Aproveite o código promocional do Portuguiando na compra do seguro viagem


Por isso, vou compartilhar algumas coisas que foram fundamentais durante o processo de gestação desta imigrante que vos fala.


Morar em Portugal - cinco passos para concretizar esse sonho

FAÇA UM PÉ-DE-MEIA - com o Euro oscilando na casa dos 4 reais, uma boa poupança é fundamental para garantir alguma tranquilidade nos seus primeiros meses aqui. Mesmo que planeje vir daqui a um ou dois anos, comece a juntar dinheiro agora! Se mudar de ideia você terá uma graninha para férias, ou para trocar de carro. Se tiver tudo pronto para morar em Portugal, já estará mais confortável para fazer suas escolhas.  Não são só despesas com passagem, visto e demais documentação que pesam. Quando chegar para morar em Portugal, haverá um gasto inicial mais alto do que nos meses seguintes. A começar porque a maioria dos alugueis dependem de um depósito caução de 6 meses (isso pode variar) do valor mensal.


Outro fator a se considerar é o fato de que você pode levar algum tempo para conseguir um emprego na sua área. Conforme o tempo passa vai batendo uma insegurança, questionamentos se a escolha foi acertada e um medo enorme de "dar com os burros n'água". A falta de dinheiro pode acarretar em um retorno precipitado para o Brasil.


Seis meses em Portugal - um balanço do início dessa nova jornada


Além disso, morar em Portugal é barato, mas não é de graça. Sempre temos despesas que não prevemos, como roupas de frio, utensílios para a casa, matrícula dos filhos, remédios (que saem caro por aqui até você conseguir o número do Utente) e mesmo algum turismo, afinal ninguém é de ferro!


Como é morar em Lisboa. Clique e assita ao vídeo!

PESQUISE SOBRE O PAÍS - é muito provável que você já tenha pesquisado sobre as maravilhas de Portugal. Mas para viver aqui, deve pensar também em coisas que a princípio parecem menores, mas no cotidiano pesam.


O clima, a alimentação, os salários, inclusive o ritmo dos portugueses (que é completamente diferente do ritmo dos brasileiros!). Aqui você não consegue nada para ontem e nem para amanhã. Muito provavelmente só conseguirá para a semana que vem, e olhe lá.  Brincadeiras à parte, aqui há filas, há espera, há longos prazos para os serviços. Mas não tenha dúvidas que você será muito bem atendido quando chegar a sua vez e seu atendimento levará o tempo que for necessário para sanar suas necessidades. Há também muita retidão.


Portanto, se resolver morar em Portugal abandone o jeitinho brasileiro de vez! O que não é difícil, já que muita gente sai do Brasil exatamente para ficar longe dele... 


Dicas práticas para limpar sua casa quando você vai viver na Europa

Outra coisa que você precisa tentar entender é o comportamento do português. Eles são mais fechados, muitos não vão sorrir para você sem motivos e te falarão o que pensam sem rodeios (o que muitas vezes tomamos por grosseria, mas não é!). Por outro lado, quando a relação adquire intimidade e confiança, você conquista um amigo fiel. 


Descubra qual é custo de vida de uma família em Portugal. Assista ao vídeo!

ALINHE AS ESPECTATIVAS - se vier sozinho, será mais fácil. Quem resolve morar em Portugal com a família completa, é importantíssimo que todos estejam na mesma página. Existe uma glamourização quando se fala em viver na Europa. Mas o buraco é mais embaixo.


Aqui você provavelmente terá menos mordomias do que tinha no Brasil. Você vai limpar a sua casa, fazer sua comida, cuidar dos seus filhos, vai empacotar suas compras, levar seu lixo até o separador na rua, você vai limpar o elevador do seu prédio caso um saco de compras estoure dentro dele, vai lavar seu carro, colocar a sua gasolina, vai até a farmácia comprar seus remédios... enfim, eu poderia fazer uma lista enorme dos serviços que temos disponíveis no Brasil e que aqui não são comuns. 

Cinco hábitos que o brasileiro adquire quando vive em Portugal

Por isso é fundamental refletir! A mudança não será só de país, mas de hábitos também. Você vai se transformar e quem vier com você também! Quando mais lutar contra isso, mais difícil será. Se quiser vir morar em Portugal e continuar levando a vida que levava no Brasil, aconselho que repense.


Você pode nunca se acostumar totalmente ao clima, à saudade da família, à culinária, mas se não abraçar o modus operandi de quem vive aqui, aí sim vai ser sofrido demais. Mas a preparação psicológica e emocional são fundamentais para a mudança dar certo.


Como é morar em Vila Nova de Gaia. Assista ao vídeo!

  BUSQUE MEIOS LEGAIS - não julgo quem vem tentar a sorte ilegalmente no país. Mas não incentivo de jeito nenhum essa decisão. Já é difícil quando você faz tudo como manda a lei. Não consigo nem imaginar as dificuldades de quem vem morar em Portugal sem a documentação correta.  Há muitos tipos de vistos que você pode pleitear, além de cidadania que muitos brasileiros têm direito. A informação está toda na rede para quem quiser buscar. Além disso existem assessorias que traçam esse caminho por você, caso esteja disposto a pagar. Por isso, fica mais uma vez o conselho: venha legalizado!


Veja a diferenças de preços de produtos em supermercados do Brasil e de Portugal

ESTABELEÇA PRAZOS - quando você, enfim, tiver dado check nos itens anteriores, eu só tenho uma sugestão para você: ligue o cronômetro! Procrastinar essa decisão pode fazer com que você nunca a tome de fato. Estabeleça uma data para você viajar, liste tudo que precisa providenciar para a sua viagem e vá resolvendo as coisas de acordo com as prioridades.


Ainda assim, tenha flexibilidade. No meu caso, o pedido de visto que eu busquei ficou fechado de junho a setembro no Consulado de Portugal. Tive que adiar meus planos de morar em Portugal sem saber ao certo quando conseguiria dar entrada na papelada. Minha intenção inicial era vir em agosto e acabei chegando só em dezembro de 2017. Coisas que não dependem da gente...

Confira o preço do aluguel em Portugal, em 2018

O importante é se cercar de informação para ter alguma tranquilidade ao fazer suas escolhas. Há muitos grupos do Facebook de pessoas que estão nessa jornada e canais do Youtube que ajudam com dicas valiosas. Mesmo assim, é fundamental checar as fontes das informações que você receber. Há muito ti-ti-ti desencontrado que acaba sendo disseminado equivocadamente. 

Espero que as dicas tenham sido úteis. Agora, se o seu sonho for realmente morar em Portugal, movimente essa energia e faça acontecer. A hora de buscarmos a nossa felicidade é agora e ninguém vai fazer isso por você! ;)

Veja também:

Motivos que me levaram a sair do Brasil

Quatro coisas do Brasil que os portugueses amam!

Por que os portugueses não se renderam ao WhatsApp?

Sobre nós
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Preto Ícone YouTube

Ana Beatriz - jornalista brasileira, 37 anos, mãe do Matheus, esposa do André, que se apaixonou por Portugal e se mudou de mala e cuia com a família para o Porto. 

André - fotógrafo brasileiro, 45 anos, pai do Pedro, do  Gabriel e do Matheus, marido da Bia, que embarcou junto nessa aventura e, assim como os portugueses, não dispensa um café com natas. 

Juntos, gerimos o Portuguiando e a André Furtado Photography

Aproveitamos esse espaço para compartilhar impressões, diferenças e similaridades culturais e dicas de turismo para brasileiros que pensam em se mudar para cá ou simplesmente querem conhecer mais sobre Portugal. 

 

Fale conosco: contato.portuguiando@gmail.com

 

Receba nossos informativos:

© 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com