• Portuguiando

Como é a saúde pública em Portugal

Atualizado: 27 de Mar de 2019


Se você tem dúvidas a respeito da qualidade da saúde pública em Portugal (hospitais, postos, atendimento para gestantes, informações sobre PB4 e número de utente), nós criamos um post para passar a nossa experiência e impressões a respeito do assunto. Confira!


Saúde pública em Portugal: tudo que você precisa saber


PB4


O PB4 é um acordo entre Brasil e Portugal. Todo beneficiário do INSS pode usar a rede de saúde pública pagando os mesmos valores que um cidadão português. Você consegue obter esse documento nos Núcleos Estaduais do Ministério de Saúde em todo o Brasil. Há locais que entregam na hora e outros que entregam em alguns dias.


O Ministérios da Saúde indica que você traga o PB4 apostilado. Eu não trouxe apostilado nem reconhecido e sempre usei, sem problemas. Mas já ouvi pessoas que tiveram dificuldade em determinados hospitais e postos de saúde.


O documento é válido por um ano. Depois desse período, você tem que fazer uma procuração para alguém fazer a renovação para você no Brasil. Por isso, talvez já valha deixar uma pronta e assinada com alguém de sua confiança.


Confira o preço do aluguel em Portugal



Emergências


Usei inúmeras vezes as emergências (ou urgências, como chamamos aqui) de hospitais públicos para toda a família e fiquei satisfeita com o resultado. Primeiro você passará por uma triagem e receberá uma pulseira. A cor da sua pulseira irá determinar o grau de prioridade do seu atendimento e, por consequência, a rapidez com que você será atendido.


Em época de frio, por exemplo, as urgências infantis ficam mais cheias e se o seu caso não for grave, pode ser que você espere um bom tempo para ser atendida. Mas, honestamente, nada diferente do que eu passava mesmo em hospitais particulares do Brasil.


Os médicos que me atenderam sempre evitaram passar medicação desnecessária. Antibiótico, então, só mesmo em último caso. Certa vez, quando meu filho estava com pus na garganta chegaram a colher material e testar para ver se era uma infecção viral ou bacteriana para saber se havia mesmo necessidade de antibiótico. O resultado foi viral e voltamos para casa sem remédio. De fato, em 2 ou 3 dias melhorou completamente.


É importante ressaltar que a saúde pública não é completamente gratuita na área da saúde pública em Portugal. Você pagará algumas taxas moderadoras que, para serviços básicos como consultas e exames, variam entre 2 e 20 euros, em média. No caso de doenças graves, necessidades de cirurgia e gestantes, você fica isento desse pagamento.


Custo de vida em Portugal


Número de utente


O utente do Serviço Nacional de Saúde (SNS) é o documento que comprava a identidade do titular junto às instituições do SNS. O seu número de inscrição deve ser apresentado sempre que você usar o sistema de saúde pública em Portugal e quando precisar adquirir medicamentos.


Nós conseguimos adquirir esse número antes de termos a autorização de residência, apenas com a marcação do SEF. Hoje em dia, percebo que quase todos os postos exigem esse documento para realizar a inscrição. E mesmo tendo a autorização, não significa que você conseguirá se inscrever imediatamente no posto da sua freguesia. Muitos estão lotados e sem vagas. Vai depender muito da cidade e freguesia em que você irá viver.


No nosso caso, assim que conseguimos nosso comprovativo de morada, começamos a rodar os postos de saúde mais próximos da nossa freguesia. Entramos na fila de espera de um deles e conseguimos vaga depois de uns 6 meses.


Se inscrever em um posto de saúde e ganhar o número do utente não significa necessariamente que você terá acesso imediato ao médico de família. Em alguns postos, há poucos profissionais disponíveis e você pode não conseguir um acompanhamento imediato. Ainda assim, poderá ter acesso aos profissionais/serviços do posto sempre que necessário.


Para quem tem filhos pequenos, é fundamental levar o histórico de vacina para cadastrar no posto e verificar se há alguma vacina obrigatória em Portugal que seu filhos ainda não tenham tomado. O ideal mesmo é fazer essa verificação para a família toda. No nosso caso, até meu marido precisou tomar uma vacina que ele não tinha anotada na carteirinha que trouxe do Brasil.


Adaptação familiar em Portugal - um balanço do início dessa nova jornada


Gravidez em Portugal


Mulheres grávidas têm prioridade de atendimento e de encaixe para médico da família. Até porque, aqui em Portugal, se a sua gravidez estiver correndo sem nenhuma complicação, você não fará necessariamente um acompanhamento com uma obstetra, mas sim com a médica da família no posto.


No meu caso, como já passei dos 35 anos, fui acompanhada pela médica da família e pela obstetra no hospital público em que terei meu filho.


Pesquisei muito e perguntei para todas as pessoas que conheço aqui sobre a qualidade dos profissionais que atendem no serviço de saúde pública em Portugal. A minha percepção é a de que os mais qualificados estão nos hospitais públicos.


Me pareceu que, em geral, muitos médicos e enfermeiros começam a carreira nos hospitais particulares e conforme vão se especializando, amadurecendo profissionalmente, migram para os hospitais públicos.


Inclusive se você optar por ter seu filho em uma maternidade particular e tiver alguma complicação, você será imediatamente transferida para um hospital público. Outra questão que me agrada muito é que os partos, por via de regra, são normais. Cesariana, só em casos de necessidade.


As enfermeiras obstétricas aqui têm um papel muito presente junto às gestantes. Você terá consultas com elas, receberá indicações de alimentação, cuidados específicos. É ela que irá acompanhar seu peso, pressão, ouvir os batimentos do bebê a cada consulta no posto de saúde.


No posto em que estou inscrita, fomos convidados a assistir palestras sobre cada trimestre na gravidez, mas infelizmente, por causa do horário, não consegui comparecer a nenhuma. Já os exames de imagem são realizados no hospital em que farei meu parto. Todo o atendimento para gestantes é gratuito.


Estou no sexto mês e posso dizer que estou muito satisfeita com o acompanhamento que tenho recebido na rede de saúde pública em Portugal. Mais para frente farei uma matéria específica contanto sobre todo o pré-natal e parto.


Por que eu adoro fazer compras nos supermercados de Portugal


Precisa de visto de residência ou cidadania?


Procure a Strobel & Santos. A empresa que garante a devolução do dinheiro caso seu visto seja negado oferece 10% de desconto para clientes indicados pelo Portuguiando.


Remédios


Quando conseguir o seu número de utente, você ganhará descontos significativos nos remédios. Depois da consulta médica, você pode receber a receita por SMS diretamente no seu celular. Ali vem um código que você passa para o farmacêutico e assim a medicação já fica cadastrada no seu histórico e você obtém o desconto.


Se for ganhar uma receita tradicional, em papel, o médico já anotará seu SNS no sistema e vinculará a receita ao seu histórico médico também para que você consiga obter o desconto na farmácia. Nesse sistema também fica todo o seu histórico médico de consultas e exames.

Emprego em Portugal: veja dicas para você conseguir trabalhar por aqui


Telefone saúde 24h


Anote já esse número: 808 24 24 24! Ele é o melhor caminho para você ser atendido com eficiência no sistema de saúde pública em Portugal. Até mesmo marcações para consultas no seu centro de saúde, você poderá fazer pelo telefone.


Mas o mais importante, se seu filho tiver uma febre, ou você tiver algum problema de saúde, ligue e você será atendido rapidamente por um(a) enfermeiro(a) que irá ouvir sobre seus sintomas, fazer algumas perguntas e indicar se é necessário ir até uma emergência/posto ou se há algo que você possa fazer em casa mesmo. Eu já usei e fiquei maravilhada! Foi ótimo, rápido e eficiente.


Já no site do Serviço Nacional de Saúde você pode preencher o livro de reclamações on line, fazer sugestões ou críticas sobre qualquer assunto relativo à saúde em Portugal.


Vale ressaltar que...


Tudo que estou relatando aqui vai mesmo de acordo com a minha experiência particular. Já ouvimos relatos de pessoas que esperaram mais de 8 horas por um atendimento, de hospitais com estrutura precárias, falta de médico, greves constantes...


Outra questão é que muitas vezes se você precisa, por exemplo, de um oftalmologista poderá esperar um ano em uma consulta indicada pelo seu médico de família.


Por essas e outras, vale avaliar a necessidade de fazer um plano de saúde para a sua família. Aqui os planos não são como no Brasil. Você paga uma mensalidade mais baixa e ganha descontos para usar a rede particular. Por exemplo, há planos com mensalidades de 10 a 70 euros com os quais você poderá pagar apenas 20 euros em uma consulta particular.


Portanto, não venha para Portugal achando que a saúde pública é a oitava maravilha do mundo. Há problemas, falhas. Mas, na minha opinião, é um serviço de qualidade que me sinto segura em usar para a minha família.


Veja também:

Escolas em Portugal: tudo que uma mãe brasileira precisa saber

Seis curiosidades sobre as casas e apartamentos em Portugal

Sobre nós
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Preto Ícone YouTube

Ana Beatriz - jornalista brasileira, 37 anos, mãe do Matheus, esposa do André, que se apaixonou por Portugal e se mudou de mala e cuia com a família para o Porto. 

André - fotógrafo brasileiro, 45 anos, pai do Pedro, do  Gabriel e do Matheus, marido da Bia, que embarcou junto nessa aventura e, assim como os portugueses, não dispensa um café com natas. 

Juntos, gerimos o Portuguiando e a André Furtado Photography

Aproveitamos esse espaço para compartilhar impressões, diferenças e similaridades culturais e dicas de turismo para brasileiros que pensam em se mudar para cá ou simplesmente querem conhecer mais sobre Portugal. 

 

Fale conosco: contato.portuguiando@gmail.com

 

Receba nossos informativos:

© 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com